Cronicas Livres

Forum de RPG destinado aos mais diversos temas e cenarios
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 NightShade Bar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Sex Dez 09, 2016 4:30 pm

Porque voce sempre tem que ser cuzão hem, buldogue? Que saco, cara! respondeu Bud, irritado com a postura de Terry.

Quer sair com as amostras que você encontrou? Pode sair. Quer dar uma de lobo solitario? Por mim tudo bem. Mas você sabe que te chamei porque eu confio no seu faro e na sua intuição.
É claro que eu sabia que tem alguma coisa de errado aqui, me diz onde nessa cidade não tem um dedo podre nas coisas?


Bud pegou Terry pela camisa e puxou ele pra um canto escuro, longe dos legistas e das cameras de vigilancia...

Te trouxe aqui porque tem merda no ventilador. Você pode chegar onde a jurisdição e burocracia não pode seu canalha de uma figa. O capitão de policia mandou em investigar esse caso em particular, ele deve ter algum interesse nisso uma vez que eu to até a tampa de casos para resolverem, ai do nada o cara me liga no meio da noite e me manda vir ver esse corno que teve seus orgãos sinteticos arrancados. Tá na cara que isso é coisa de alguma corporação. E não sei se você andou vendo os noticiarios mas a corporação UNION ta pagando uma grana preta pra achar uma doutora foragida que trabalhava para eles. Você acha que isso é coincidencia? Você checou o historico da vitima, lá dizia que ele tinha implantes mas não foi revelado onde ele obteu, sabe porque? Bom eu tambem não sei. É ai que você entra...Quem sabe essas suas pistas não te dão um direcionamento. Agora vamo voltar pra perto da cena do crime antes que alguem desconfie dessa conversinha a sós.

Bud desenhou um sorriso cinico no rosto enquanto voltava a cena do crime, perguntando aos legistas como estavam o caminhar das coisas... Deixou Terry mais ao lado agora, dando a deixa pro ex policial seguir seu rumo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronichles.forumeiros.com
Nasinbene

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 23/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Ter Dez 13, 2016 9:42 am

A postura de Bud era exatamente a que Terry esperava. Era óbvio que aquele gordo miserável estava escondendo algo... Quando ele chama Terry para a conversa em particular, toda a linguagem corporal dele contava uma outra história. Uma que Terry tinha visto contar inúmeras vezes: a mensagem passada a Terry dizia "não quero me envolver demais. Não quero que saibam que estou investigando isso". Como Bud dizia, a burocracia era um obstáculo para ele. Se ele escarafunchasse demais, a policia, as corporações e sabe-se lá quem mais logo saberiam o que ele estava investigando. E isso não costumava ser saudável...
Assim, meio que para passar o problema adiante, Bud despeja um monte de informações sobre Terry. O súbito interesse do Capitão de polícia, a recompensa oferecida pela UNION pela doutora desaparecida... o vácuo de informações sobre onde a vítima conseguiu seus biônicos... tudo isso contava uma história muito particular. E não era preciso ser nenhum gênio pra saber que aquilo estava interligado de alguma forma. Cabia agora a Terry investigar a ligação e decidir se passa ou não a informação conseguida a Bud. Não iria ajudar o bastardo a conseguir sua promoção assim, de mão beijada...
Enquanto Bud volta a cena do crime, Terry disfarçadamente se afasta e começa a pensar no que fazer... nos próximos passos. Ele tinha a impressão digital registrada em seu banco de dados pessoal, bem como a amostra de líquido que ele colheu na cena. O problema é que Terry não tinha acesso à base de dados da polícia e se fosse com Bud pra acessar o sistema a "discrição" que o policial tanto desejava cairia por terra. Precisava de uma forma alternativa pra isso. Um hacker conseguiria invadir o sistema, burlar a segurança e dar a Terry as informações que precisava. Isso ajudaria a descobrir de quem era a impressão digital. Já o líquido era um pouco mais... complicado. Restava a Terry descobrir onde arrumar um hacker disposto a invadir o banco de dados da polícia. Com isso em mente, ele volta ao bar... pela sua experiência, aquele era um excelente lugar pra conseguir informações, visto que sua amizade com Cherry poderia ajudar nisso.
Assim que entra, Terry sonda o lugar com o olhar, procurando uma mesa vazia e potenciais ameaças. Um hábito antigo, dos tempos de policial. Normalmente, Terry se sentava no balcão do bar, mas como precisava de um pouco de discrição, achou melhor encontrar uma mesa vazia. Havia uma no canto, próxima à parede do fundo do bar que parecia perfeita para o que Terry tinha em mente. Enquanto caminhava com as mãos nos bolsos, Terry faz um sinal com a cabeça para Cherry, pedindo que ela o acompanhasse. Terry se senta e espera a garçonete acabar de servir as mesas, antes que viesse ao seu encontro. Quando Cherry finalmente chega, Terry diz a ela o que procurava:

- Como vai indo a noite, Cher? Escuta, boneca, preciso de dois favores... Primeiro, me traga um duplo... segundo, preciso encontrar um hacker pra me ajudar num caso que estou trabalhando... tem como me ajudar com isso?

Terry olha a garçonete diretamente nos olhos, como que tentando transmitir a ela a urgência da situação...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Seg Dez 19, 2016 7:39 pm

No bar, Cherry recolhia copos vazios e os levava até o interior do balcão lavando-os e enxugando com uma destreza incrivel. AO ver Terry entrar no bar novamente não deixou de lançar um olhar para o mesmo e o cumprimentar com um belo sorriso amigavel. Quando Terry pede um duplo ela prontamente prepara a dose e o entrega dizendo


- Aqui está o duplo. Quanto ao Hakcer... bom... esse bar costuma ser bastante frequentado por Netrunners e cowboys da rede, mas não confie neles. Na maioria das vezes são golpistas e só querem tirar grana de você. Se bem que hoje acho que tinha um Hacker que parecia ser gente boa... um garoto que ficou sentado ali naquela mesa... pediu um fora da redoma, pagou e depois saiu logo atrás de Angie...Sinto muito gato, se ele estivesse aqui ia mandar você bater um papo com ele. Bom se precisar de mais alguma coisa só me chamar.

A bartender voltou aos seus afazeres enquanto Terry tomava o duplo pensando na possibilidade de contratar algum Hacker na rede mesmo. Ele sabia que esses tipos eram como Cherry havia dito mas seria besteira algum engraçadinho desses se meter com ele...

É quando Terry ao terminar de dar seu ultimo gole, um desconhecido se aproxima dele chamando pelo nome.


- Terry Spencer. Nome bacana... Posso te chamar de Spencer?

No momento em que Terry se vira para reconhecer o estranho, ele senta do lado de Terry e continua a conversa...

- Não você não me conhece... E eu tambem não. Só que podemos ter uma conversinha la fora?

Terry ve o cano cromado de um revolver apontado pra ele por debaixo da jaqueta do estranho.

- Podemos conversar lá fora? É que eu gosto muito do atendimento desse bar sabe? E Não quero perder a chance de entrar aqui de novo. Se eu te matar aqui o dono do bar não me deixa entrar nunca mais. Não é nada pessoal mas ofereceram dez mil pela tua cabeça. Você parece ser legal e tudo mais, mas para um caçador de recompensa como eu, só o dinheiro vale. Você entende né? E ai vamos dar uma volta?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronichles.forumeiros.com
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Seg Dez 19, 2016 9:40 pm

Kyo andava na direção do bar. No caminho, ele pensava na noite que estava tendo: primeiro a tentativa frustrada de hackear a rede do bar, depois a luta com os babacas que queriam agredir a cantora, depois a intervenção que salvou a pele sintética do andróide... E ainda tinha muita coisa pra rolar naquela noite...
Ele precisava voltar para o bar e reorganizar um pouco os pensamentos.
Quem sabe beber mais um ou dois "fora da redoma"..
Ele precisava ainda arrumar dinheiro. Lá no bar poderia tentar invadir alguma rede bancária ou arrumar um trabalho mais excitante. O mais importante era se manter ocupado.
Ele passa por algumas pessoas no caminho. Entre elas, dois homens que pareciam trocar segredos no estacionamento. Ele apenas dá de ombros. Afinal, já se metera demais nos assuntos dos outros.
Ao entrar no bar, ele se senta numa das mesas do fundo e faz um sinal para Cherry. Quando ela chega, ele diz:

Arrow Oi doçura! Fiquei com saudades daqui. Não sei se foi mais de você ou daquele drinque. Na dúvida, vamos aos dois.

Ele pisca um olho para ela e sorri enquanto começa a preparar seu terminal para outra conexão de busca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nasinbene

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 23/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Qui Dez 22, 2016 11:56 pm

Terry ja estava no segundo gole, pensando em como diabos iria conseguir um hacker, já que Cherry não conhecia nenhum. A garota era sua primeira ideia, dada a quantidade de pessoas que frequentavam o Nightshade. Não que fosse um problema contratar um hacker pela rede... na verdade, a rede estava mesmo infestada desses tipos. Só pensou que, pelo menos uma vez naquela noite as coisas poderiam ser mais fáceis...
Terry deixa escapar um suspiro de consternação e dá mais um gole na bebida quando um sujeito senta ao seu lado. Terry não se vira, apenas fica atento como sua profissão o ensinara a ser. É quando sente o cano da arma tocando suas costelas e o rapaz falando algo sobre um contrato de 10.000 pela sua cabeça. Quando o rapaz o chama pra ir lá pra fora, Terry termina a bebida num único gole e pela primeira vez encara seu pretenso assassino:

- Claro, por que não? Vamos lá pra fora... entendo seus sentimentos pelo bar, de verdade... A última coisa que eu iria querer é a melhor espelunca da cidade manchada com meu sangue... Cherr, segura esse pra mim, já volto...

Terry então se levanta, deixando claro em sua linguagem corporal que não pretendia ameaçar o assassino. Apontando para a porta, Terry então diz ao rapaz:

- E aí? Vamos resolver isso ou não?

Sem esperar uma resposta, Terry se dirige para a porta, sempre atento ao assassino. O estacionamento seria o melhor lugar para resolver a questão, pensa Terry.  A não ser por um jovem que se dirigia ao bar, era o lugar com menor probabilidade de alguém se machucar. Pelo menos, alguém que não fosse o assassino de aluguel...
Quando estivessem frente a frente, Terry olha para o assassino de forma desafiadora e diz:

- Como é? Vai fazer isso ou não? Essa porra é uma tentativa de assassinato ou uma dança da colheita? Não tenho a noite toda, otário...

Durante todo o tempo em que falava, Terry monitorava a movimentação do assassino com seu olho biônico. Isso lhe daria toda a telemetria do movimento, permitindo que soubesse o momento exato em que ele atiraria. Um instante antes dele atirar, Terry usaria o braço biônico para se defender, evitando assim ser ferido pelas balas. Imediatamente, Terry agarra a mão do assassino e aperta com toda a força que os servomotores do braços poderiam fornecer. Isso esmigalharia os osso e inutilizaria a arma. Quando fizesse isso, Terry acerta um violento soco na cara do assassino, fraturado mais alguns ossos. Terry então pisa no peito dele e quebra o outro braço.
Enquanto o assassino grita de dor, Terry começa as perguntas:

- Hey não me leve a mal, cara... não é nada pessoal, eu sempre aleijo caçadores de recompensa que querem minha cabeça... você entende né? Agora, seu viado, é melhor começar a falar ou a surra que te dei até agora vai parecer uma massagem... quem botou um premio na minha cabeça? E nem vem me falar que não sabe, você iria receber de alguém... e aí, quem foi? Começa a cantar...

Terry iria aumentar gradativamente a pressão nos ferimentos para "convencer" o assassino a cooperar...

PS: Guima, estou queimando aquele ponto heróico como havíamos conversado...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Qua Dez 28, 2016 5:34 pm

Terry

O ex policial numa ação temerária se adianta em relação ao caçador de recompensa impedindo que ele atire destruindo sua arma e ao mesmo tempo quebrando sua mão. O caçador grita de dor ao sentir seus ossos serem esmagados pela mão bionica de Terry. Não contente com a dor do canalha que estava a sua frente, Spencer desferiu um soco na fuça do infeliz quebrando alguns dentes e o nariz dele. Atordoado e confuso o oponente foi ao chão... Ele tenta se levantar mas o peso do pé de Terry o impede de fugir e usando o pé como apoio o ex policial quebra o braço de seu agressor provando ao mesmo que ele não era uma recompensa facil...

O caçador de recompensa já não se aguentava mais em dor quando Terry começa o interrogatório perguntando ao mesmo quem tinha colocado sua cabeça a premio. Tossindo e gemendo o caçador responde:

Eu não sei cara... eu não sei... Só colocaram seu nome e sua foto na rede e a recompensa. Eu sou um caçador de recompensas, eu não faço perguntas eu só faço o meu serviço. Por favor cara, você ja me fodeu legal... não me mata... eu não sei de mais nada.

Terry percebeu que o caçador não estava mentindo, afinal ele não era louco de mentir para ele naquela situação, mas Terry sabia que podia extrair mais alguma coisa, se apertasse mais um pouco...

Kyo

No bar, Kyo jogava umas cantadas pra cima de Cherry, ela achava bacana e fofinho da parte do garoto mas para o azar dele o maximo que ele conseguiria arrancar dela seria um sorriso simpatico...

Ela o atende servindo mais um fora da redoma e ao recorda-lo que o mesmo estava no bar algumas horas atrás ela inicia uma conversa...

- Hey garoto... você é Hacker não é? Pelo menos tem jeitão de ser. Um amigo meu estava nesse tipo de serviço e me lembrei de você, você parece ser simpatico, do bem. Meu amigo é aquele brutamontes que acabou de sair daqui conversando com aquele cara do cabelo branco... Vai atrás dele... quem sabe você ainda o alcança.

Caso Kyo se interessasse pela proposta de Cherry, ele encontraria Terry espancando o caçador de recompensas no estacionamento do bar, que ficava atrás do estabelecimento...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronichles.forumeiros.com
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Seg Jan 02, 2017 9:13 pm

Arrow ... então eu te espero aqui no bar. Valeu!

Maneiro! Aquela cantora que eu ajudei mais cedo me ligou de volta. E parece que precisa de ajuda novamente. Vai ser legal, a gente trabalhou junto naquela vez. Talvez ela traga mais um desafio pra gente encarar junto.
A Cherry se aproxima e fala sobre um trabalho. É.. eu tenho que reconhecer que essa noite está mais agitada do que eu esperava...
Ela diz que o amigo dela que está contratando está no estacionamento. Eu lembro dos dois caras que estavam lá quando eu passei e pergunto:

Arrow É um carinha com cara de brabo? Porque se for, ele tava num papo com outro cara lá no estacionamento. Ou ele já arrumou alguém pra contratar ou tá no meio de uma paquera e eu não tô afim de atrapalhar em nenhuma das duas hipóteses... 

Caso a Cherry insista na ida de Kyo ao estacionamento:

Kyo segue andando tranquilamente para o local onde lembrava de ter visto os dois homens conversando. Ao chegar lá e ver o estrago que Terry causou no homem, ele apenas dirá:

Arrow Cara... Se é assim que você faz a seleção de pessoal que você contrata, é bom o seu plano de benefícios ser muito bom!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nasinbene

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 23/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Qui Jan 05, 2017 11:08 pm

Terre tinha o mercenário completamente à sua mercê. Rendido como estava, já não representava ameaça a ninguém, afinal aquele era um cara que jamais conseguiria segurar uma arma de novo... Terra sabia queo assassino estava falando a verdade quando disse que não sabia quem o havia contratado. Mas sabia que, se alguma forma ele iria receber. Terra então bola um plano...

- Sabe de uma coisa? Acredito em você. Acho que realmente não sabe quem o contratou... mas hey... tenho boas notícias pra você. Vamos descobrir juntos. Você vai entrar em contato com quem o contratou e dizer que conseguiu me apagar. Marque um encontro pra receber pessoalmente pelo assassinato e eu irei no seu lugar. Agora, enquanto faz isso me reponde uma coisa: o que sabe sobre a morte de hoje na estação de metrô? Sei que deve estar por dentro de alguma coisa...

Nesse momento Terra ouve o rapaz que se aproxima e pergunta se era assim que ele selecionava os contratos. Terra imediatamente trava o alvo no rapaz e expõe os mini-mísseis dos braços, pronto pra atirar. Sem sair de sua posição ele diz ao recém-chegado:

- Se tá pensando em ajudar o maluco aqui se deu mal, guri... vão catar teus cavacos daqui até a cidade baixa... tá fazendo o que aí parado? E que papo é esse de contrato? É outro assassino?

Atento ao assassino, Terra ainda complementa:

- Tá esperando o que pra fazer o que eu mandei? Anda logo cara...

Aquela definitivamente estava sendo uma noite estranha. E tendia a piorar muito ainda antes de melhorar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caolha

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 02/11/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Qua Jan 11, 2017 9:44 am

- Certo, te encontro aí. – Angie respondia, desligando o telefone e colocando em um dos bolsos, conforme tomava novamente o rumo do bar.

Noite estranha aquela. Tomara que o Kyo possa ajudar a descobrir alguma coisa sobre aquela merda de droga. Logo a garota cruzava novamente as ruas sujas iluminadas pelos inúmeros painéis de neon, o que nem de longe era o suficiente pra tornar aquela cidade... menos cinza.

Logo adentrava novamente o Nightshade.

- Voltei porque estava com saudades, Cherry.
– falou dando um sorriso para a garçonete. – Ok, na verdade, eu vim falar com aquele garoto que parecia hacker e estava aqui mais cedo. Você viu ele por aí?

Caso Cherry diga a direção para onde Kyo foi.. obviamente Angie vai até lá também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Sex Jan 13, 2017 5:45 pm

Eu nao sei nada sobre o assassinato de hoje cara... não acompanho os noticiarios...

Disse o Caçador de Recompensa todo quebrado devido aos golpes de Terry...

Tudo bem... tudo bem, eu marco o encontro cara... mas vc vai se foder com isso. Bom de qualquer jeito você vai se foder mesmo, porque outros mercenarios estarão em seu encalço... Pegue o meu telefone no bolso e procura na lista pelo nome Bobby Zero... Você quebrou meus braços não vou conseguir fazer muita coisa com ele...

Terry então pega o telefone do mercenario e busca na lista o numero de Bobby Zero... a discagem automatica inicia e Spencer coloca o telefone proximo do mercenario...

Bobby? To com a cabeça do Terry Spencer... Preciso da grana pra hoje? O que... sim to machucado... o cara é casca grossa.  Na estação abandonada do metrô? Tem certeza? Ok valeu... Não esquece a grana...


Bobby encerra a ligação do outro lado da linha e o mercenario volta a dizer a Terry

Você ta morto cretino... ta morto.


Eis que surge um garoto que aparentava ter cerca de uns 18 anos na area... ele presencia o massacre proporcionado por Terry no seu oponente e fica abismado com as habilidades do mesmo... Antes mesmo que pudesse piscar Kyo percebe que o brutamonte apontava seu braço bionico na sua direção com varios micromisseis armados...

Kyo: Cherry me disse que você tava contratando um Hacker.... Espero que você não pague com essa ultraviolencia...

Disse Kyo ironicamente sem deixar se intimidar.

Dentro do bar, Angie procura por Kyo mas ao olhar para todas as direções e cantos não o encontra. E ele disse que estaria a aguardando... Angie podia mesmo confiar nele?

Cherry: Ta perdida, amiga? Pergunta Cherry a Angie...

Angie responde que procurava por Kyo e dá a descrição do mesmo... Cherry com seu sorriso costumeiro responde

Cherry: Acabou de ir no estacionamento lá atrás. Foi conversar com um grandalhão gente boa que costuma frequentar aqui...se for rapido acho que você o encontra.

Angie retorna a porta de entrada e vai em direção do estacionamento do local. Próximos a umas motocicletas ela enxerga Kyo sendo ameaçado pelo provável brutamontes que Cherry havia dito... E vê tambem um homem com varios ossos quebrados jogado ao chão...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronichles.forumeiros.com
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Sex Jan 20, 2017 9:06 am

Arrow Se tá pensando em ajudar o maluco aqui se deu mal, guri... vão catar teus cavacos daqui até a cidade baixa... tá fazendo o que aí parado? E que papo é esse de contrato? É outro assassino?

Arrow Tá legal.. Eu até tenho uma certa tendência a me meter num monte de confusão por querer ajudar as pessoas.. Só essa noite, já me meti numa briga com uns caras vestidos como idiotas só pra ajudar uma gata que canta pra caramba! Aliás, você tem que ouvir o som da banda dela! Os caras mandam bem mesmo.. Mas, do que eu tava falando mesmo? Ah! Sim! Cherry me disse que você tava contratando um Hacker.... Espero que você não pague com essa ultraviolencia...

Kyo se aproxima com calma, com uma postura relaxada e um tanto curiosa. Ele olha pro homem caído no chão e observa o nível dos ferimentos. O grau de violência e força empregados para gerar aqueles danos. Em seguida ele observa seu possível empregador. A postura pesada, o ar cansado e irritado. Talvez o homem tivesse implantes cibernéticos ou fosse um mutante, aqueles ferimentos exigiam mais do que um bom preparo. Kyo fica dividido entre a curiosidade do tamanho da encrenca onde aquele homem se meteu e entre o instinto de autopreservação que lhe dizia para dar meia volta e sair daquele lugar o mais rápido possível.

Mais uma vez, a curiosidade falou mais alto.

Arrow Bom, se você tiver muito ocupado, a gente troca uma idéia depois, mas eu tô curioso pra saber qual o trabalho e quanto eu posso levar por ele. Eu só aviso que eu não faço nada que venha a ferir inocentes. Esse é o meu limite.

Ele fala com tranquilidade, aguardando a resposta de Terry.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nasinbene

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 23/10/2016

MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   Seg Jan 23, 2017 4:10 pm

O mercenário tinha feito o que Terry havia mandado e agora gemia de dor estirado no chão. O rapaz que tinha chegado se diz um hacker e, no fundo da sua mente, Terry se lembra que havia de fato pedido a Cherry lhe recomendar um. Vendo que o rapaz pretendia se aproximar com uma postura não agressiva, Terry recolhe os mísseis... se no entanto deixar de seguir os movimentos do rapaz com o olho biônico, enquanto ele estuda os ferimento do mercenário e provavelmente o próprio Terry.
Terry então esmaga o telefone do mercenário pra que ele não tente avisar ninguém sobre o plano que tinha posto em ação. Quando o mercenário lhe diz que ele está morto, Terry apenas sorri... um sorriso sem grandes pretensões apenas... cansado. Estava definitivamente de saco cheio daquela merda toda. Pisando mais uma vez nas fraturas do mercenário (o que, dado o peso de Terry certamente agravaria ainda mais a lesão), o policial apenas diz:

- Gente muito melhor que você ja tentou, seu bosta e tô aqui, chutando suas bundas até agora...

Terry então finalmente responde ao jovem à sua frente. Sem muita cerimônia diz ao rapaz:

- É do contrato de hacker que ce estava falando? Desculpa o mal jeito garoto... muito tempo nas ruas te deixa paranóico. Sou Terence Spencer, pode chamar de Terry. Sou ex-policial e estou numa investigação por conta própria. Sua parte seria invadir o banco de dados da polícia e conseguir algumas informações de que preciso. Posso garantir que só vou ferir quem realmente merecer. Sobre seu pagamento... ouvi dizer que tem um cara chamado Bob indo com uma mala de grana à antiga estação de metrô... se fizer o que estou pedindo, racho a grana com você... e então? Está dentro? Ah só um aviso... vacila comigo e a surra que dei no maluco aqui vai parecer uma massagem perto do que farei com você...

Terry então cruza os braços e aguarda a resposta do garoto...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: NightShade Bar   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
NightShade Bar
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Cronicas Livres  :: Aventuras Diversas :: Area Central-
Ir para: