Cronicas Livres

Forum de RPG destinado aos mais diversos temas e cenarios
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Tempo de recrutamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Tempo de recrutamento   Qua Dez 07, 2016 9:46 pm

Jennifer Janot adentrou na sala e encontrou Andrew Seward sentado analisando várias fichas em sua mesa. Andrew era o responsável pelo recrutamento e organização da Associação Belmont, uma entidade conhecida mundialmente como um grupo voltado para a filantropia ao redor do mundo. A associação também é famosa por seu rigoroso processo seletivo, no qual poucos são escolhidos para fazer parte de seus quadros em serviços ao redor do mundo.

Na verdade, o rigor do processo seletivo está mais associado às outras atividades da Associação do que ao seu trabalho mais reconhecido, uma vez que caçar ameaças de natureza sobrenatural não é uma atividade para qualquer um...

Jennifer observa a lixeira ao lado da mesa e nota a quantidade de fichas rasgadas. Outras tantas se encontram sobre a mesa riscadas com grandes traços vermelhos. Após terminar de ler a ficha que estava em sua mão,
Andrew se vira para a recém-chegada e seu braço direito, dizendo:

- Até agora só perdi tempo! Estas indicações são absurdas! Algumas destas pessoas dificilmente conseguiriam sobreviver à missão de teste...

Ele parecia cansado e ela podia notar pelo jeito como coçava a têmpora, como alguém que tentava tirar uma forte dor de cabeça do horizonte que se formava ali.

J.J, como ele a chamava, se aproximou e sorriu com dentes tão alvos quanto possível em humanos. Em seguida, ajeitou o longo rabo de cavalo loiro e entregou a ele uma pasta. Ela então disse:

- Acho que estes serão ótimos candidatos. Você poderia dar uma olhada?

Ele pega a pasta com curiosidade e, enquanto inicia a análise das fichas ali presentes, entrega uma a J.J.

- Se essas pessoas forem isso tudo que você diz, então elas começarão no grupo deste aqui...

PS: Além dos dados presentes no tópico "montando a ficha", peço aos jogadores que incluam um breve histórico do personagem incluindo informações sobre como ele se tornou um caçador e sobre o caso que fez com que ele fosse indicado para o clube de caça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Caolha

avatar

Mensagens : 31
Data de inscrição : 02/11/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Qui Dez 08, 2016 11:45 pm


Nome: Blake Jones
Idade: 25 anos
Altura: 1,87m
Conceito: O badass mais bem vestido que você já viu
Ocupação: Caçador Solo
Local de origem: Londres, Inglaterra

Atributos:
Agilidade: 8
Destreza: 7
Constituição: 6
Força: 2
Carisma: 8
Inteligência: 8
Percepção: 6
Vontade: 5

Perícias:

Armas de Fogo: 30
Ciências proibidas ou alternativas -  Demonologia: 20
Idiomas antigos: 10
Falsificação: 10

PV:  6 + 2 = 8x5 = 40

Equipamentos:
Revolver médio (balas de Prata)
Pistola média

----

Histórico:

(EM BREVE)


Última edição por Caolha em Qui Dez 22, 2016 12:07 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ricardo sato

avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 13/11/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sex Dez 09, 2016 12:51 am



Dados básicos:

Nome: Andrei Vasillias
Idade: 32
Altura: 1,91m
Conceito: Pesquisador do sobrenatural
Ocupação: Assistente na biblioteca de Princeton
Local de origem:Oregon

Atributos:

Agilidade:5
Destreza:5
Constituição:7
Força:5
Carisma:5
Inteligência:8
Percepção:7
Vontade:8

Perícias:  
         
11-pistolas:(7 )+4                    
10-herbologia:(8 )+2
09/07-facas:(5 )+4/(5 )+2        
12-pesquisa/investigar:(7 )+5 
07/05-kick-boxe:(5 )+2/(5 )+0
12-falsificar(documentos):(8 )+4
10-esquiva:(5 )+5                   
06-condução:(5 )+1                    
10-direito/jurisprudência:(8 )+2
08-lábia:(5 )+3
10-armadilhas:(8 )+2                
11-línguas antigas:(8 )+3
09-m.fechaduras:(5 )+4              
10-subterfúgio:(7 )+3                
12-física:(8 )+4
10-eletrônica:(8 )+2                  
10-história:(8 )+2
11-hackear:(8 )+3                  
12-ocultismo:(8 )+4
12-teoria da magia:(8 )+4
09-p.socorros:(8 )+1                
12-espíritos:(8 )+4

Pontos de Vida:60

Vantagens e Desvantagens:

Primeiro! - As características de Andrei o fazem ter vantagem de iniciativa nas ações junto a outros personagens.

Obcecado - O personagem tende a perder o foco quando fica obcecado com algo, principalmente se esse algo lembrar ou se estiver relacionado à história de sua irmã.

Armamento:

Pistola pesada(magnum .44),punhal de prata,punhal escocês,colete leve,granadas químicas.


Histórico:

Andrei é da terceira geração de uma família de origem romena a nascer nos Estados Unidos,após migrarem durante a segunda guerra mundial e estabelecida em uma pequena cidade no Oregon.
Esportista razoável e interessado em diversas áreas de conhecimento ele esforçou-se para não se limitar a seu ambiente,focando-se em seus estudos para conseguir entrar em uma boa universidade e viver uma vida de desafio intelectual.
Foi um dos poucos a deixar sua cidadezinha para estudar fora e o único a entrar em uma das condecoradas univercidades da Ivy League,cursando física em Princeton.
Decidindo-se a seguir sua carreira acadêmica Andrei aplicou-se a uma posição na biblioteca da universidade enquanto fazia seu doutorado,ter acesso quase irrestrito a biblioteca de Princeton,um bom salário e ainda o bônus de interagir com algumas das maiores mentes dos últimos séculos só iriam beneficiar suas teses.Esse era o plano de Andrei e de certa forma foi o que ocorreu,mas não da forma como ele esperava,5 anos atrás algo aconteceu que mudou a maneira como sua vida seguiria.

Retornando depois de vários anos para sua casa pela insistência de seus pais para participar das festividades de ação de graças na cidade,Andrei chegou apenas para receber a terrível notícia de que sua irmã mais nova,Zarya,havia desaparecido a dois dias.



Incapaz de se manter parado,Andrei voluntariou-se ao grupo de buscas e além disso realizou suas próprias investigações,descobrindo que sua irmã estava envolvida com um grupo que pesquisava supertições e tradições antigas.
Esse grupo passaria a ação de graças em um acampamento na floresta local,ao invés de na cidade e um dos motivos para seus pais terem insistido em sua volta era para "convencer a irmã a desistir daquela bobagem e passar o feriado com a família",nenhum dos jovens parecia ter envolvimento com o desaparecimento mas com o passar dos dias todos eles passaram a sofrer de doenças súbitas,acidentes estranhos e pesadelos recorrentes.

Por puro acaso Andrei descobriu estranhos símbolos talhados nas árvores próximas ao acampamento,reconhecendo os símbolos como parte de um símbolo maior que havia visto em um livro da biblioteca,Vasillias seguiu circundado e adentrando a floresta bucando outros sinais que o completassem,o que de fato ocorreu,mas quanto mais ele se aprofundava na mata mais sinistra ela ficava,sons misteriosos seguidos de silêncios perturbadores,sombras que pareciam mover-se e olhos invisíveis que pareciam sempre observar.

Esses acontecimentos culminaram com o ataque de uma besta,a criatura parecia um lobo mas maior e mais ameaçadora,seus pelos pareciam espinhos,o corpo manchado de sangue e os olhos estranhamente humanos,a faca de caça que havia levado por segurança e os reflexos adquiridos nas artes marciais que não passavam de um hobby para Andrei,foram o que lhe salvaram,um golpe de sorte na cabeça deu um fim ao "lobo",mas ferido e exausto o rapaz perdeu a consciência.

Vasillias acordou com desconforto,estava com as mãos atadas e sobre uma pesada e velha mesa de madeira em uma cabana pequena e mal cuidada,mal se via as paredes por trás de uma infinidade de objetos,ossos,ervas,palha e estantes repletas de vidros cheios de coisas não identificadas e algumas perturbadoramente semelhantes a orgãos.
De costas para ele uma figura encurvada e deformada cantarolava palavras estranhas com uma voz que parecia a de uma velha que mastigava cacos de vidro e cuidadosamente afiava um punhal de prata,a princípio chocado Andrei ficou parado,mas sempre focado ele usou de força de vontade para acalmar-se,em um impulso ele chutou a "velha" e disparou pela única porta que havia observado,conseguindo soltar-se enquanto corria.

Tropeçando pela escuridão ele seguia aos trancos e barrancos,como que guiado por uma sensação familiar,mas em nenhum momento ele pensou que estivesse seguro,a cantoria o seguia,por vezes uma gargalhada gultural ecoava pela mata,Andrei correu até cair em uma depressão,para seu espanto alguns corpos muito velhos o rodeavam.Ele levantou-se apenas para ver a velha observá-lo do barranco de onde havia caído,o rosto disforme,um olho vazado,os lábios repuxados e negros deixando a mostra os dentes podres e a saliva que escorria,o corpo retorcido como uma velha árvore morta por fungos.
Andrei começou a escalar o outro lado,quando a velha começou de novo a cantarolar sua língua estranha...(céltico talvez?),suas pernas foram unidas e puxadas com força sobre-humana,em terror ele viu que do chão surgiam vinhas grossas que se enroscavam em suas pernas como serpentes,ele começou a ser arrastado em direção a velha,que o esperava com um sorriso no rosto e a adaga erguida sobre a cabeça,a arma então irrompeu em chamas e ela começou a gargalhar.
Mas Vasillias não mais olhava para ela,a imagem translúcida de sua irmã estava sob a velha,de costas para o barranco a sua frente e apontando desesperadamente para algo no chão...incapaz de resistir a força ele era arrastado,as mãos agarrando-se a terra com força,instintivamente ele esticou o braço para onde a irmã apontara,e um esqueleto com roupas de guarda florestal foi arrancado da terra pela sua caixa toráxica.

Ele então foi erguido pelas pernas de cabeça para baixo seus olhos a altura dos olhos da velha que ainda sorria,ele então a fitou sem medo,olhos nos olhos,com as mãos sangrando e sujas e a velha parou de sorrir e moveu a cabeça em dúvida,Andrei ergueu o braço(ou talvez o tenha descido,considerando sua posição),a mão bem entre os olhos da velha...e nela a arma que havia pegado do guarda florestal.

POW...

A velha caíra e Vasillias também,de cabeça na vala...acordando de novo,ferido por sua corrida e pela luta com o lobo e cercado de pessoas,o grupo de buscas havia ouvido o tiro,todos surpresos por não terem visto a trilha que levava aquela parte da floresta antes mesmo conhecendo a área tão bem.Todos também estarecidos com o que encontraram,27 corpos de diferentes idades,pessoas desaparecidas nos últimos 40 anos e outros aparentemente viajantes que sequer haviam chegado a cidade...Zarya Vasillias porém,jamais foi encontrada.

Perturbado pelo que vira mas ciente de que nada adiantaria revelar,Andrei contou tudo exceto o inesplicável,a velha foi considerada a assassina de todos os corpos apesar de sua identidade não ter sido descoberta,o rapaz apenas ficou em silêncio depois,rezando pela...(alma?)de sua irmã,apesar de seus pais ainda terem esperaças ele já não tinha,meses depois um caixão vazio foi enterrado e Vasillias voltaria a princeton.Mas antes havia algo que ele precisava averiguar,depois de enorme esforço ele encontrou a cabana novamente,em um compartimento secreto ele encontrou um baú repleto de coisas,estranhos livros antigos,esquemas,fómulas,diagramas,supostas lendas e rituais,além de uma outra adaga de prata e o diário de sua irmã....um diário de caça.

Mudado pelos eventos Vasillias dedicou seus anos seguintes a investigação do paranormal enquanto mantinha uma fachada de normalidade,aprofundou-se nas habilidades que julgava precisar...nos estudos do oculto,nos grimórios da velha,na sua pontaria,línguas antigas,nas habilidades necessárias para se chegar a onde queria(seja invadindo,conseguindo permissões através da lei ou até mesmo forjando tais permissões com grande habilidade).

Durante todo este tempo ele cruzou com várias situações falsas e enganosas,mas também com uma grande quantidade de casos que não lhe permitiam duvidar de que haviam coisas estranhas e perigosas escondidas pelos cantos do mundo...mas nesse ponto ele já havia substituído sua tristeza por uma curiosidade mórbida que o levá-va a saltar de cabeça no abismo ao invés de voltar para trás com medo do desconhecido.


Última edição por ricardo sato em Qui Dez 22, 2016 2:11 am, editado 13 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nasinbene

avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 23/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sex Dez 09, 2016 9:07 am



Nome: Abraham G. Stone
Idade: 64
Altura: 1,77
Conceito: Sábio
Ocupação: Bibliotecário Chefe da Biblioteca Pública de Nova York 
Local de Origem: New Jersey 

Atributos

Agilidade 3
Destreza 4
Constituição 5
Força 3
Carisma 8
Inteligência 9
Percepção 9
Vontade 9

Pontos de Vida: 40

Perícias

Ocultismo 30

Teoria da Magia 20

Idiomas Antigos 10

Avaliação de Objetos 10

Histórico

Abraham sempre foi um homem curioso. Desde os tempos do colégio,  até se formar na universidade, a sua curiosidade ímpar sempre o levava a dar o próximo passo. Foi assim com o mestrado e com o doutorado em biblioteconomia. Sempre considerado um homem do saber, não demorou para ser designado como Bibliotecário Chefe da Biblioteca Pública de NY. No entanto, sua sede por saber acabou por afasta-lo das outras pessoas. Passando horas e horas trancado na sua sala na biblioteca ou no seu estúdio em casa, sua vida pessoal foi deixada de lado. Apesar de alguns breves romances (na verdade, quase sempre se resumindo a cartas e breves galanteios) jamais se casou. Quando a vida seguiu seu curso natural, Abraham se viu sozinho em meio a tudo que amava: seus livros e seu conhecimento. Julgando que alguns homens nascem para serem solitários, simplesmente deu de ombros e seguiu com sua vida.
Não demorou para que os assuntos cotidianos o levassem a questionar se não “havia algo mais entre o céu e a Terra do que sonhava nossa vã filosofia”. Assim, os assuntos arcanos passaram a figurar entre suas pesquisas cotidianas. A magia se tornou algo familiar, algo simples para ele. Conseguia executar pequenos rituais e reconhecer criaturas sobrenaturais diversas. Obviamente, o oculto não gosta de ser perscrutado. Abraham acabou por esbarrar em um demônio que estava possuindo uma jovem Bibliotecária que trabalhava para ele. Aparentemente, a menina tinha se envolvido com forças além da sua compreensão, e agora pagava o preço por isso. Usando os rituais adequados, Abraham expulsou o demônio do corpo da jovem, o aprisionou e, enquanto buscava o ritual adequado para manda-lo de volta ao seu plano de Origem, Abraham aprendeu tudo o que podia com o demônio. Foi o que chamou a atenção da Belmont... quando contatado, Abraham imediatamente se interessou... afinal, imagine a quantidade de informações que eles deveriam ter...


Última edição por Nasinbene em Ter Dez 13, 2016 10:17 am, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 20/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sex Dez 09, 2016 9:46 am

Nome: Kazuya Tanaka
Idade: 35
Altura: 1,75
Conceito: Reservado
Ocupação: Advogado ( trabalha no consulado Japonês em N.Y)
Local de Origem: Kyoto

Atributos

Agilidade 7
Destreza 7
Constituição 5
Força 5
Carisma 5
Inteligência 7
Percepção 7
Vontade 7

Pontos de Vida: 10

Perícias

Leis 20

Armas Brancas ( katana) 20

Manipulação 10

Idiomas 10

Conhecimento Oculto: 10

Historico: Kazuya nasceu numa família de renome japonesa, seu pai é descendente direto o clã Tokugawa e seus ancestrais serviram o imperador como nobres samurais. Criado com extrema disciplina e rigidez, Kazuya sempre foi dedicado aos estudos e arte do kenpo que lhe foi passado através dos séculos. Decidindo seguir os passos do pai, Kazuya se formou em direito internacional e o auxilia hoje na embaixada japonesa em nova York. Recentemente seu pai lhe revelou que o clã Tanaka pertence a um seleto grupo de caçadores de onis e youkais. Esse cargo é passado quando o filho completa 35 anos de vida... Junto com isso também é passado a tenchu, a sagrada katana matadora de demônios. Kazuya ainda não lidou com nenhuma ameaça sobrenatural, porém sabe que mais cedo ou mais tarde tudo que ele aprendeu aoa longos dos anos será colocado a prova, em breve...


Última edição por Admin em Seg Dez 12, 2016 9:18 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cronichles.forumeiros.com
scorpion

avatar

Mensagens : 53
Data de inscrição : 25/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sex Dez 09, 2016 10:22 am



Nome: Padre Jonathan Masbeth
Idade: 36
Altura: 1,78m
Conceito: Exorcista
Ocupação: Padre de uma congregação na Filadélfia
Local de origem: Chicago, Illinóis

Atributos:
Agilidade: 5
Destreza: 4
Constituição: 5
Força: 3
Carisma: 8
Inteligência: 8
Percepção: 7
Vontade: 10

Perícias:

- Conhecimento Religioso (Exorcismo): 30
- Armas de Fogo: 10
- Idiomas: 10
- Combate Desarmado: 10
- Medicina: 10

PV: 8

Histórico:
Johnathan Masbeth nasceu numa família católica em Chicago. Ele se formou em Medicina pela Universidade de Princeton com um conceito altíssimo e logo alistou-se como médico no exército americano. Foi enviado ao Afeganistão e ali foi o seu primeiro contato com o sobrenatural. Uma das aldeias estava enfrentando o caso de uma garota que não parava de estrebuchar e falar em idiomas antigos. Como todos achavam ser um problema de saúde, enviaram o médico para tratar da criança.
Lá, Johnathan descobriu que Deus e o Diabo existiam! Nenhum tipo de medicamento fazia efeito e a criança desenvolveu uma força incomum que fazia com que 3 homens sempre tivessem de segurá-la e uma aversão ao crucifixo que Johnathan ostentava no uniforme. Depois de muito trabalho, Johnatan conseguiu uma bíblia e ele mesmo tentou um exorcismo ali... que por acaso, funcionou. Aquilo para ele foi uma revelação e ele pediu logo sua baixa.
Ao voltar a América, ele entrou para uma congregação, mas em poucos meses recebeu uma carta convite do Vaticano para explicar o que havia acontecido ali. Ele foi até lá e depois de dias de trolhamento, o Vaticano reconheceu a fé dele e que aquilo só poderia ter sido um pequeno milagre. Ele ficou direto lá para fazer o treinamento em Exorcismo e estudar a religião. 5 anos depois, ele voltou à América como um novo homem... consciente do sobrenatural que cercava a humanidade em segredo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Speedy

avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 05/11/2016
Idade : 37
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sex Dez 09, 2016 2:13 pm


Nome: John Walker
Apelidos: "Jack" ou artístico: "The Slinker"
Idade: 37 anos
Altura: 1,80
Conceito: Cético Profissional e criminoso
Ocupação: Artista Marcial e Escapista
Local de origem: Virgínia, Sanatório da Família Arkham.

Agilidade 8
Destreza 9
Constituição 7
Força 7
Carisma 5
Inteligência 5
Percepção 6
Vontade 3

Perícias:

Artes Marciais(Ju-Jutsu) : 20

Armas Brancas ( Facas) 20

Prestidigitação 5

Furtividade: 15

Conhecimento Oculto: 5

PV: 14

Mote:
Ladrão de carros. Treinado em artes marciais e truques de prestidigitação. Ele é especialista em pegar desprevenido os charlatões mais bem treinados, Jack cresceu na sombra da história de um tio violento e desmiolado que lhe tornou o herdeiro da máfia na pequena cidade de Arkham.
O pai de Jack era um policial que morreu em uma acidente em uma revolta com trabalhadores em uma fábrica. Isso ocorreu pouco antes de sua mãe ao dar a luz a ele...  Jack Walker nasceu em 1980, o mais novo de três filhos. Ele cresceu em Springfield, Virgínia, onde sofreu uma educação perturbadora devido ao excesso de álcool e hábitos de jogo de seu idoso e viciado em LSD e álcool tio avô que os adotou.

Seu tio avô de quem recebeu o nome era Jack Walters, foi um horrendo e violento "azarão sortudo" que trabalhou para uma família de mafiosos em pé de guerra na pequena cidade de Arkham. Quando quase todos os filhos de seu chefe se mataram na mesma semana que o próprio chefe morreu, ele rapidamente assumiu os negócios de exportação de bebida em meio a lei seca. Enriqueceu quieto enquanto os olhos da lei se voltavam para Chicago e Al Capone. Porém o evento que o deixou no centro das operações da máfia era envolto em mistério e o levou ao alcoolismo.

Jack era a vítima favorita da família. O jovem era constantemente espancado por seu irmão e abusado pela irmã, que o viam como culpado pela morte da mãe. Eles também odiavam o tio avô, de quem Jack alias recebeu o nome. O que lhe deu uma educação sem qualquer tipo de afeição. O excesso de drogas, predileção por uso da força, fizeram com que  cada vez mais violento, que eventualmente se matou. Sua irmã mais velha obrigada a trabalhar longas horas para sustentar financeiramente tanto  família e, eventualmente, morreu prematuramente com 21 anos depois de perderem o convênio médico.

Jack acabou sendo levado para o cuidado adotivo, fugindo para as ruas e alguns ano depois para um circo, ao falsificar sua idade em seu formulário de inscrição.

Lá ele aprendeu com mágicos, palhaços e dublês fracassados de filmes de Hollywood dos anos 80 e 90 as artes de perceber se esconder e desenvolveu mais formas de lutar, baseadas tanto nas surras que levava quanto no que ele aprendeu.


Recebeu um desenho de si de uma fã, conforme visitou várias cidades.

A maior curiosidade de Jack vinha das terríveis histórias que seu tio contava sobre o misterioso Galford Hotel fica localizado há 7,5km da saída da cidade de Arkham, subindo o sopé da região montanhosa, há pouco mais de 100m do nível do mar. Ele sempre bebia mais whisky quando se lembrava daquilo.

Em um dia o misterioso investigador e repórter Leo Rocha lhe deu as coordenadas para pegar um testamento de seu falecido tio justamente lá, esse dia estranho gelou sua espinha... Como poderia ele ir até a misteriosa construção que transformou sua família e depois sua vida em uma série de desgraças para sempre?

Ele subiu até a parte de cima do Hotel, onde haviam deixado perto do piano, a carta do testamento de seu tio. Nesse mesmo sótão da casa haviam brinquedos jogados, um pequeno palhaço tapetes velhos.

Foi naquela onde entrou em conflito com algum tipo estanho de criatura que parecia uma forma bestial de humanoide. Um ser que ele viu ser de horror disforme. Com garras pingando uma mocosa preta, parecia ser um homem enrolado em trapos e faixas como uma múmia, cujo rosto e pele eram parecido com de um zumbi, a boca tinha caninos enormes com de vampiro e haviam pelos parcos como de um lobisomem de filmes série B. Os músculos e a pele estavam rasgadas e invertidos de forma grotesca e aterradora.

Depois de uma luta corporal com a criatura, Jack só conseguiu escapar virando o próprio piano em cima dele. Pouco depois se pois a ler o que seu tio escreveu... Um testamento e um livro, falando de pesquisas e conto  de histórias esparsas e perdidas, sobre monstros e entidades alienígenas que deram origem a toda vida na terra, como se toda existência humana ficasse ainda menos.

As histórias contavam que uma entidade vinda de épocas anteriores ao homem coordenou a morte de todos no Hotel. Os últimos a escaparem foram a radialista Louise Colbert, o ex-ricaço Ash Reagan, o detetive Jonh Smith e o médico do patrão de seu tio avô, o arrogante e genial Gregory King.

A razão de seu tio ter sobrevivido? Ter uma Metralhadora Thompson com tambor de 50 e não ter decido imediatamente para cozinha naquela noite. Assim que ele terminava de ler o diário em seu trailer no circo, a criatura que ele deixou no Hotel apareceu, assustado Jack sacou das facas que usava em seus números.

Foi quando a criatura ferida fez um sinal para Jack se acalmar, ela removeu as ataduras do rosto e mesmo debaixo da pelugem ele reconheceu seu irmão mais velho. Ele caiu sentado sobre sua cadeira, alucinado, assustado e estupefato sem saber o que fazer, como estivesse pronto para virar a refeição do irmão. Quando estava para ser morto, por uma mordida que lhe intoxicaria e sugaria o sangue, ele reagiu lembrando de como o irmão lhe espancava e usando exatamente uma técnica que guardou para se vingar de sua família.

Em seguida ele entrou em catatonia, os pelos do corpo do irmão foram sumindo diante de seus olhos, as presas e garras se recolheram e o pus esverdeado deu lugar a um sangue tão vermelho quando um vinho tinto e doce.

Jack então enlouqueceu vendo aqueles textos como verdade... Quando seus colegas do circo o viram ali, rapidamente chamaram a polícia, ele não reagiu à nada.

Passou grande parte da vida depois em um sanatório patenteado da família Arkham em Virgínia, O diagnóstico foi de esquizofrenia por uma vida de abusos... A imagem do irmão que ele matou, na verdade lhe disseram que era uma projeção mental.  Foi lá também onde conheceu o astrólogo brasileiro Olavo de Carvalho, a quem ajudou a fugir como parte de sua vingança pessoal a um mundo injusto e por isso foi castigado.

Como mestre das fugas, Jack e o místico roubaram um carro e escaparam... Fez isso com tanta indiferença quanto faria se tivesse ficado por lá. Ninguém teve mais notícias dele, até que Léo Rocha o encontrou em Nova York para recolocar-lhe um foco na vida e tentou o reabilitar com terapias menos pesadas que as da família Arkham.

Apesar dessa ajuda, Jack secretamente assumiu os negócios do Tio avô e lava o dinheiro da venda de êxtase e LSD por meio de programas de televisão de desenhos psicodélicos na Cartoon Network para induzir crianças a mesma loucura que ele.  Além de livros de caráter obscuro como "O Mínimo que você precisa saber para não ser um Idiota"

Inclusive auxiliando nos roteiros de uma saga de desenhos de Peter Browngardt, onde a figura de seu agressor na infância aparece como um gentil herói.

Ele hoje vive deprimido e confortavelmente e finge para si mesmo acreditar na opinião dos médicos de que o combate com seu irmão transmutado em um monstro grotesco foi coisa de sua mente. Mas no seu íntimo ele sabe algo dessa história de entidades antigas pode ser verdade. Se for não há esperança para humanidade!

Mas até aí, algum dia houve?


Última edição por Speedy em Sab Dez 10, 2016 6:29 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Drako

avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 29/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Sab Dez 10, 2016 6:25 pm



Nome: Omar Kayan
Idade: 54
Altura: 1,93 m
Conceito: Charlatão
Ocupação: Exorcista particular
Local de origem: Miami, Flórida.

Atributos:

Agilidade: 2
Destreza: 3
Constituição: 7
Força: 3
Carisma: 9
Inteligência: 9
Percepção: 9
Vontade: 8

Perícias:

- Disfarce - 10
- Falsificação - 15
- Furtar - 15
- Idiomas - 10
- Manipulação - 20

PV: 50

Vantagem: Bom de papo - O personagem possui vantagem em ações que exijam uso de lábia ou convencimento.
Desvantagem: O que tá acontecendo? - O personagem possui pouco conhecimento real das questões místicas, levando desvantagem nas situações que exigem maior conhecimento

Histórico:

Omar Kayan é o ”maior” exorcista que os Estados Unidos já conheceu, aquele que tornou a “arte” popular. Por mais bizarro e curioso que possa parecer, o país foi tomado de supetão pelo seu carisma e poder de retórica quando apareceu pela primeira vez no programa de canal aberto Fantastic, no qual Kayan alegadamente tirava um espírito do corpo do famoso apresentador de TV Sylvio Sants. A partir daí, ganhou um quadro no programa em que investigava casos sobrenaturais, e consequentemente os “resolvia”. Também conhecido por falar 33 idiomas e 72 dialetos, foi convidado a participar de vários talks-shows, como os de Jimmy Kimmel, Jimmy Fallon, Conan e o mais popular de todos Joel Soares.

Apesar de tudo, numa era midiática como é a do Século XXI, não faltavam pessoas tentando desmascarar o grande exorcista. Vídeos e mais vídeos no Youtube de “provas” apareciam a cada dia, notícias e polêmicas sobre ele também sempre permeavam as manchetes dos canais de televisões. Seria mesmo ele um farsante? Não existe nenhum registro dele ter sido ordenado diácono, ou qualquer informação sobre uma possível formação em teologia. E o mais importante, ele cobrava por seus serviços e cobrava caro. Porém, o povo gosta de uma polêmica e Omar sabia surfar essa onda perfeitamente.

Até que certo dia, ao meio de e-mails convidando-o a participar como jurado de Reality Shows, estava uma mensagem de uma mãe solteira chamada Peggy Hodgson. Ela dizia que sua casa estava sendo assombrada por espíritos. Sua intuição não lhe enganava nunca e Kayan viu a pauta perfeita de um novo caso para o seu programa. Dois dias depois, ele estava em frente a casa da mulher, com sua equipe de TV.

Peggy Hodgson viu pela primeira vez sinais do que seria um dos casos mais famosos da história. Ruídos altos saíam do quarto de suas filhas, mas o que Peggy viu foi duas meninas enroladas em suas camas e olhando para a parte de trás do quarto. Quando foi investigar, uma das cômodas estava presa, como se uma força invisível a estivesse segurando. Nisso, barulhos começaram a emanar das paredes, como se alguém estivesse batendo. Peggy junta seus filhos e vai correndo para a casa dos vizinhos. Tentou chamar a polícia, mas essa não lhe deu bola, e então teve a ideia de falar com Omar. Juntos, ambos testemunharam vários casos de incidentes sobrenaturais, mas o mais assustador foi ouvir uma voz demoníaca saindo de Janet, de apenas 11 anos de idade.

Confiante de que a casa estava realmente assombrada, executou seu ritual de exorcismo por uma noite inteira, após retirar a família da casa. Somente Omar e seu câmera estavam dentro da casa, mas do lado de fora mais de 2 mil pessoas se amontoavam frente ao quintal enquanto escutavam seus gritos de exorcismo. De repente uma misteriosa sombra, meio esfumaçada, saí pela janela do quarto em que Kayan estava.

Minutos depois, o famoso exorcista sai pela porta, suado dos pés à cabeça e um pouco assustado, apesar de manter sua pose elegante. Omar anunciava que seu trabalho tinha sido um sucesso e que a casa estava livre de qualquer presença sobrenatural. A multidão grita em delírio, Peggy o abraça emocionada, enquanto ele dá tapinhas meio desengonçados em suas costas.

Não havia como negar, mais de 2 mil testemunhas estavam em frente à casa e viram o “catiço” sair pela janela. Sua reputação tornava-se ilibada daquele momento em diante e com isso, sua fama cresceu ainda mais.


Última edição por Drako em Seg Dez 12, 2016 5:12 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Seg Dez 12, 2016 4:08 pm

Olá pessoal!

O jogo começará hoje!

Ou seja, enquanto vocês estão lendo isso, eu já estou terminando o roteiro da primeira caçada de vocês...

Mas, vamos começar com a análise das fichas, assim vocês poderão fazer as alterações necessárias:

1) Peço pra que todos confiram a distribuição de pontos dos atributos, colocando de forma que nenhum personagem tenha atributo com valor 10. Como 5 é o valor médio, o ideal é que não tenhamos ninguém num nível tão alto.

2) As perícias serão utilizadas como base para os cálculos de ações. Utilizarei os valores delas para avaliar os investimentos dos personagens nestas perícias e o nível de expertise nestas áreas.

3) Para o valor real dos PV's, multipliquem o valor que vocês tem atualmente por 5.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Seg Dez 12, 2016 4:57 pm

Bônus de personalidade!!!

Cada personagem receberá uma vantagem e uma desvantagem baseadas em suas personalidades e históricos. Por favor as incluam nas fichas, pois elas serão importantes ao longo do jogo:


Blake Jones (Caolha): 
Vantagem: Filho de peixe - Como o pai de Blake era caçador, ele possui familiaridade com os procedimentos de caçada.
Desvantagem: Eu caço sozinho - Após a morte do pai, Blake se manteve caçando, porém sem conseguir se adaptar a outros parceiros. Desta forma, o personagem possui dificuldades em ações que exijam trabalho em grupo e confiança em outros personagens.

Andrei Vasillias (Sato): 
Vantagem: Primeiro! - As características de Andrei o fazem ter vantagem de iniciativa nas ações junto a outros personagens.
Desvantagem: Obcecado - O personagem tende a perder o foco quando fica obcecado com algo, principalmente se esse algo lembrar ou se estiver relacionado à história de sua irmã.


Abraham G. Stone (Nasinbene):

Vantagem: Manjador das manjarias - Abraham ganha vantagem em testes de conhecimento, em questões relacionadas a assuntos que ele tenha como área de abrangência de pesquisa.
Desvantagem: Respeite meus cabelos brancos: Devido a idade, o personagem possui maior dificuldade em façanhas físicas com grau maior de dificuldade.


Kazuya Tanaka (Guima):

Vantagem: Você sabe com quem está falando? - O personagem, por sua inserção social, possui acesso a uma rede de recursos e informações própria.
Desvantagem: Sigilo - A inserção do personagem faz com que ele tenha maior preocupação em se manter nas sombras. Caso seja exposto publicamente, corre o risco de perder sua posição e rede de recursos vinculada a ela.


Padre Jonathan Masbeth (Scorpion):

Vantagem: Homem de fé - O personagem leva vantagem em testes e ações que envolvam o uso da fé. 
Desvantagem: Uma biblia na mão e uma arma na outra - O personagem não costuma utilizar magia ou qualquer outro recurso arcano, não dominando estas áreas.


John Walker (Speedy):

Vantagem: O Cético - O personagem possui maior resistência a hipnose e feitiços que dependam do nível de fé da vítima.
Desvantagem: Não creio - O personagem possui desvantagem em testes de fé e em ações que dependam dela.


Omar Kayan (Drako): 

Vantagem: Bom de papo - O personagem possui vantagem em ações que exijam uso de lábia ou convencimento.
Desvantagem: O que tá acontecendo? - O personagem possui pouco conhecimento real das questões místicas, levando desvantagem nas situações que exigem maior conhecimento




Estas vantagens e desvantagens podem ser alteradas ao longo do jogo, de acordo com a evolução dos personagens.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leo Rocha

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 21/10/2016

MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   Qua Dez 21, 2016 11:40 pm

Pessoal, 
Por favor multipliquem os pv de vocês por cinco e incluam as duas armas que levarão na ficha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Tempo de recrutamento   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tempo de recrutamento
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Pessoas que perdem seu tempo, e nos fazem perder tempo, no Youtube
» Qual tempo que demora para atualizar o diretório dos fóruns
» Usuário receber e-mail a cada período de tempo
» [TUTORIAL] Previsão do tempo em seu blog
» Secção de recrutamento

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Cronicas Livres  :: Aventuras Diversas :: Caçadores do oculto-
Ir para: